Pesquisar neste blogue

25.8.05

Fogos florestais em Portugal

Existe um Portugal urbano, elitista, que teima em não compreender o Portugal rural, popular.
Esta incompreensão é por demais evidente na tragédia sasonal dos fogos. Evitar os fogos aparentemente não rende votos, nem os faz perder, então porque se há-de preocupar com eles a classe política ?
Evitar os fogos custa muito dinheiro, dinheiro esse que é preferível canalizar para investimentos no litoral, em grandes centros urbanos, onde poderá render votos.
Os fogos são muito longe de Lisboa, são no interior. Os fogos são no Portugal humilde, que nunca protesta, nem reivindica. Trata-se do portugal daqueles que nunca dão problemas. Se os fogos não aparecessem nos noticiários da TV nem se daria por eles. Seria como se não existissem.
Há fogo nas aldeias ? "É obrigá-los a limpar as matas, é fazer cumprir a lei". Mesmo que sejam velhotes de 80 anos com pensões de miséria. Mesmo que as árvores que ardem junto às casas, sejam propriedade de terceiros, que não os donos das casas.
Olha que bom seria se um dia, houvesse em Portugal, um governo que criasse as condições para a fiscalização e cumprimento efectivo das leis... de todas as leis.
Maldito preconceito o deste Portugal rico, instruido e estrangeirado, contra o Portugal tradicional e pobre, preconceito que é tão mau quanto o racismo ou a xenofobia, senão pior.
Loading...