Pesquisar neste blogue

29.5.08

As eleições no PSD

Segundo este método de analisar o Twitter, as eleições para a liderança do PSD estarão a ser disputadas "ombro-a-ombro" entre Passos Coelho e Ferreira Leite, sem possibilidade de prever com segurança quem será o vencedor ou como diriam os americanos, "too close to call".
Pessoalmente, fartava-me de rir se vencesse Santana Lopes.

16.5.08

Música 2- A fase dos Sweet.

Com 12 anos consegui que o meu pai me comprasse um gira discos. Considerando que é mouco, acho que foi uma proeza. Claro que o investimento não foi grande, calhou-me um Silvano daqueles que fazia lembrar uma mala diplomática, com gira discos, rádio e gravador de cassetes.
Assassinei excelentes Lp's de vinil com a sua terrível agulha. Explorei o aparelho até aos limites, recordo-me que no periodo final da sua existência cheguei a substituir com êxito uma correia de borracha que fazia a transmissão entre dois rodízios pelo elástico duma camisa de vénus.
O meu primeiro LP foi dos Rolling Stones, devia ser um "Best of" porque continha os clássicos mais famosos desde o "Satisfation" ao "Get off my cloud". Mas a maioria dos meus discos eram singles, onde se destacavam alguns da ópera Rock Jesus Cristo Superstar e também os principais êxitos duma banda pela qual eu era maluco, os Sweet.


The Sweet, Fox on the Run.

14.5.08

Música -1 Suzi Quatro

Há uma fase na nossa juventude em que começamos a olhar a música de modo diferente. Não sei se como forma de afirmação da nossa rebeldia e distanciamento em relação aos mais velhos ou se é meramente algo próprio da natureza humana.
Por volta dos 11 anos comecei a gostar de música, especialmente da Suzi Quatro (48 crash) sem que ninguém me tivesse influenciado. E como se pode ver, a minha predilecção por gajas com mamas pequenas vem de longe.

Suzi Quatro - Can the Can.

13.5.08

The Shaggs

No final do filme Ken Park descobri a música "Who are parents?" da Banda "The Shaggs".
Por ser diferente na abordagem harmónica, melódica e rítmica chamou-me a atenção. Mais surpreendido fiquei quando descobri que se trata dum tema dos anos 60, pois pelo som julguei que fossem uma banda Punk actual. Por outro lado, sente-se que tecnicamente eram muito fraquinhas. Bela contradição.

7.5.08

Obama com 1840,5 delegados

Segundo o Jornal de Notícias, Barak Obama conta com 1840,5 delegados (mil oitocentos e quarenta delegados e meio). Pelo que, nas contas do mesmo jornal, faltam ao candidato ainda 184,5 delegados (cento e oitenta e quatro delegados e meio) dos 2025 que precisa para garantir a sua nomeação como candidato à presidência na convenção do partido, este Verão, em Denver.
Eu não digo que as contas do Jornal de Notícias estejam erradas, eu só gostaria é que tivessem explicado como é possivel um candidato ter meio delegado.

6.5.08

Bino na escola.

Universidade Lusíada, oral de Economia Política. Perguntas a cargo do Dr. Rui Gomes da Silva (Professor Martinez, ausente). Aluno vestido com extremo bom gosto, sem fato nem gravata.

- O sr. é do Benfica ou do Sporting ?
- Sou do Barrrrrreirense.
- Além de estudar, o que é que faz mais ?
- Estou ligado ao ramo de cabeleireiro de senhoras.
- Óptimo ! Tenho uma pergunta adequada a si, diga-me a lei da capilaridade social.

(Escusado dizer que chumbei ?)

Bino na escola.

11º ano, exame oral de Filosofia. De maneira que ali estou eu a teorizar sobre as merdas que ao que parece o Descartes terá escrito. De repente um dos profes lembra-se de perguntar-me a que século pertencem as teorias que acabo de enunciar.
Olho para ele muito sério, faço uma pausa e calmamente respondo-lhe:
- Professor, acabei de inventar agora.
Escusado dizer que passei ?

Bino na escola.

No 12ºano, na disciplina de Filosofia, como trabalho, apresentei uma peça de teatro. Fui elogiado pelo profe. que adorou a ideia.
No trabalho seguinte, várias miúdas da turma apresentaram também peças de teatro. Tiveram azar, porque peças de teatro só resultam uma vez.
Nesse ano, com o mesmo profe., no último teste do 3º periodo entreguei uma folha em branco. Passei com 10. Algumas miúdas da turma "mandaram-se ao ar" achando a minha nota sobrevalorizada.
Só porque dizia nas aulas que o ensino superior devia ser vedado a mulheres a fim de haver mais vagas para homens, não era caso para não me gramarem. Era a brincar, gaita. É que cada vez que eu dizia uma porra machista do género, o tumulto era tão grande que já não havia mais aula naquela hora.
Ainda mais se passaram quando souberam que consegui entrar para Direito. Marronas da porra...

Bino na escola primária

Nunca fiz a 1ª classe, na realidade falsifiquei a prova e entrei directamente para a 2ª. Será que fui um precursor daqueles que falsificam habilitações ?

3.5.08

Não sou o único.

Uma forma possível de julgarmos os outros ou até nós próprios, seja na net ou fora dela, é a de que tudo o que se faz publicamente resume-se a um simples "vejam como".
Escreve-se um blog, comenta-se um post para que os outros "vejam como":
Vejam como escrevo bem
" ---------" -sou engraçado
"--------- " -sou inteligente
"--------- " -sou interessante
" ---------" -sou bom na cama
"--------- " -sou popular
" ---------" -tenho bom gosto
etc, etc, etc, etc...

Confesso que escrevo para que os outros vejam como eu (podem escolher uma das alternativas atrás sugeridas ou outra da vossa autoria).
Claro que eu podia argumentar que escrevo só para meu único prazer, mas acho que isso poderia ser considerado masturbação mental. Portanto, prefiro dizer que escrevo para os outros lerem e poder relacionar-me com eles.
(...)
Vêem como sou esperto ?

2.5.08

Porno para cegos (inventam tudo).

Sem qualquer relação com o post anterior, aqui está uma boa ideia: o "Porn for the blind" é um site pornográfico para cegos onde se pode escutar o relato dos videos porno feito por voluntários*.
Não sendo cego, fui lá na mesma para ver como era. A maioria dos registos que escutei não me agradaram porque eram gajos a falar em vez de gajas e além disso, notava-se que tinham pouca prática em falar ao microfone. Mas o brilhantismo da ideia está lá, aquilo tem pernas para andar. Aliás, se eu fosse gaja começava já a relatar e publicar videos porno mesmo para não cegos. Pessoalmente acho que seria giro ver cenas porno comentadas por uma ou duas gajas com voz sensual. Iam dando as sua impressões acerca do que estava a acontecer no ecrã, se já tinham feito aquela cena ou se gostariam de fazer, etc. Enfim, taradices minhas.

*Descoberto aqui

Ideia milionária.

Ontem tive uma ideia para fazer uma coisa na internet que, tenho a certeza, dava para me tornar milionário. Contei-a à Meka que se riu, sobretudo por ser uma ideia não relacionada com sexo.
Tenho a certeza que alguém irá realizar essa ideia. Então irei pensar que poderia muito bem ter sido eu.

Folhas de Amoreira

Momento de felicidade é ir numa agradável manhã de domingo apanhar folhas de amoreira com a minha filha de 8 anos para os bichos da seda que lhe ofereci.
Loading...